DIONíSIO AMIGO DE JESUS, DIONíSIO RIVAL DO CRUCIFICADO

Renato Nunes Bittencourt

Resumo


O presente artigo se propõe a realizar uma aproximação axiológica entre a figura do deus Dioní­sio no contexto do pensamento de Nietzsche, e o Jesus Histórico, o qual, segundo o filósofo alemão, estabeleceu uma prática de vida fundamentada na realização da beatitude como experiência religiosa da imanência, ao mesmo tempo em que o pensamento nietzschiano denuncia a distorção axiológica que a moral cristí£ estabeleceu em relação ao legado evangélico de Jesus. Recorreremos ainda ao discurso poético de Hí¶lderlin para sustentarmos a aproximação arquetí­pica entre Dioní­sio e Jesus, evidenciando-se assim que não oposição simbólica entre essas duas figuras sagradas.

Palavras-Chave: Beatitude; Amor Fati; Imanência; Hí¶lderlin; Nietzsche.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Portal Eletrônico: Revista Filosofia Capital _________________________________________________________________________________________________________________ Licença Creative Commons
FILOSOFIA CAPITAL de REVISTA FILOSOFIA CAPITAL está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.filosofiacapital.org/. _________________________________________________________________________________________________________________________ Copyright 2006. Revista Filosofia Capital-RFC ISSN 1982-6613 Brasí­lia-DF. Todos os direitos reservados.