ECLIPSE DO SUJEITO E EMANCIPAÇÃO DAS DIFERENÇAS: VATTIMO E A MULTIPLICAÇÃO DE WELTANSCHAUUNGEN NA ERA DA TECNOLOGIA DA COMUNICAÇÃO

Wilton Borges dos santos

Resumo


Pretende-se nesse artigo analisar a posição interpretativa de Gianni Vattimo a respeito da crise niilista que caracteriza a era chamada de pós-moderna. Para tanto, analisar-se-á a apropriação das teses de Nietzsche e de Heidegger por parte do filósofo italiano na interpretação da crise metafí­sica como crise de fundamentos e esquecimento do ser. A partir desse diagnóstico, almeja-se demonstrar como Vattimo implementa uma interpretação do ser como –ontologia da atualidade-, o que o leva a interpretar a multiplicação de Weltanschauungen, ou seja, de concepções de mundo através da ascensão das tecnologias de comunicação.

Palavras-chave


Vattimo; pós-modernidade; subjetividade; diferença; tecnologias de comunicação.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Portal Eletrônico: Revista Filosofia Capital _________________________________________________________________________________________________________________ Licença Creative Commons
FILOSOFIA CAPITAL de REVISTA FILOSOFIA CAPITAL está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.filosofiacapital.org/. _________________________________________________________________________________________________________________________ Copyright 2006. Revista Filosofia Capital-RFC ISSN 1982-6613 Brasí­lia-DF. Todos os direitos reservados.