INDÚSTRIA CULTURAL: UMA EVOLUÇÃO PARA A ALIENAÇÃO

Maria Aparecida Rodrigues da Silva

Resumo


A partir da Dialética do Esclarecimento de Adorno e Horkheimer, percebe-se que –a indústria cultural não sublima, mas reprime-. Apreende-se ainda, o significado da categoria de sujeitos ofuscados que, sem dúvida, empobrece a condição de indiví­duos, –pois a maldição do progresso irrefreável é a irrefreável regressão-. E mais; perde-se com isso, o compromisso inerente à razão plena e esquecida pela razão esclarecida, mediante a reflexão no sujeito. Pois –a indústria cultural está corrompida, mas não como uma Babilônia do pecado, e sim como catedral do divertimento de alto ní­vel-.

Palavras-Chave: Dialética do Esclarecimento – Indústria Cultural – Adorno – Horkheimer.

Palavras-chave


Estudo de Gênero; Estudo de Casos

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Portal Eletrônico: Revista Filosofia Capital _________________________________________________________________________________________________________________ Licença Creative Commons
FILOSOFIA CAPITAL de REVISTA FILOSOFIA CAPITAL está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.filosofiacapital.org/. _________________________________________________________________________________________________________________________ Copyright 2006. Revista Filosofia Capital-RFC ISSN 1982-6613 Brasí­lia-DF. Todos os direitos reservados.